22:27

10/08/22

Polícia

Maranhão já registrou 32 casos de feminicídio em 2022

YGOR MOTTA | CAXIAS-MA

05/08/2022 09h08 - Fonte: G1 MA


Dados da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) informam que, durante os meses de janeiro a julho deste ano, ao menos 32 casos de feminicídio foram registrados em todo o Maranhão. Os números sinalizam uma preocupação quanto à constância de uma das modalidades criminosas mais frequentes em todo o país.

De acordo com informações da PC-MA, os municípios de Timon, Estreito, Riachão, Lago da Pedra, Centro Novo do Maranhão, Santa Filomena do Maranhão, São Luís, Santa Inês, São José de Ribamar, Santa Rita, Itapecuru-Mirim, Bacabeira, Dom Pedro, Bom Jesus das Selvas, Pio Xii, Vargem Grande, Caxias, Colinas, Paço do Lumiar, Buritirana, Governador Newton Bello, Lagoa Grande do Maranhão, Brejo de Areia e Grajaú registraram casos de mortes violentas contra mulheres, no estado, este ano.

 

A capital, São Luís, se destaca, no entanto, ao possuir o maior registro de crimes de feminicídio em todo o território maranhense. Seis casos foram notificados, nos últimos meses, agregados às estatísticas, que já superam as notificações de 2021, no mesmo período.

 

O último levantamento de dados acerca do quantitativo de vítimas de feminicídio, no Brasil, divulgado pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública – com informações coletadas a partir das secretariais estaduais de segurança pública –, indicaram uma queda de 1,7% dos casos, no ano passado. Os dados, contudo apontam a diminuição da letalidade, não da violência.

 

No último ano, a PC-MA registrou 4.615 pedidos de medidas protetivas de urgência na Casa da Mulher Brasileira. Pelo menos 861 mandados foram descumpridos e 156 homens foram presos. Quanto ao número de feminícidios, 57 óbitos foram notificados, mantendo a regularidade progressiva de casos dos anos de 2019 e 2020.

Mais notícias


Comentários



2020 © Portal Notícia do Maranhão - Todos os direitos
Desenvolvido por:
c2 tenologia web